[resenha] CORALINE - NEIL GAIMAN

Título: Coraline
Autora: Neil Gaiman
Editora: Rocco
Páginas: 155

Sinopse: "Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, consegue abrir uma porta na sala de visitas de casa que sempre estivera trancada e descobre um caminho para um misterioso apartamento "vazio" no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus "outros" pais. Na verdade, aquele que parece ser um "outro" completo mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários."


Coraline é uma menina muito esperta e ativa. Acaba de se mudar para uma nova casa em um antigo casarão. Além de sua família moram entre os apartamentos duas senhoras que adoram relembrar seus momentos da juventude e um velho que treina um circo de ratos. De férias, o passatempo preferido da menina é explorar o jardim. Quando chove, se vê obrigada a ficar presa dentro de casa e a solução é explorar o apartamento.

Nessa exploração, Coraline encontra uma porta diferente das outras e, curiosa, procura a mãe para descobrir para onde a porta leva, mas atrás da porta tem somente uma parede, dividindo os apartamentos. Até que, certo dia, sozinha em casa, a menina pega a chave e volta a abrir a porta. Para sua surpresa, a parede não existe mais, agora o que se vê é um corredor escuro que leva a uma casa igual a sua, mas com outra mãe e outro pai.

Sua nova casa é maravilhosa, tem comida boa, pais atenciosos, brinquedos vivos e até um gato preto que fala. Infelizmente, tudo isso não é suficiente. O local é misterioso e perigoso, e todos os moradores desse novo mundo tem olho marcantes e sem vida, feitos de botões.

"Eu não quero tudo que eu quiser. Ninguém quer. Não realmente. Que graça teria ter tudo o que se deseja?"

Presa na nova casa perfeita, um acordo com a outra mãe é firmado e acaba envolvida na maior exploração de todas, pela liberdade. Com ajuda do gato preto e da pedra com um buraco no meio, dada a Coraline pelas senhoras, ela faz descobertas inimagináveis e, mesmo quando tudo parece resolvido, ainda aparecem novidades para nos encantar.

"- Por que quando você tem medo e faz mesmo assim, isso é coragem."

Um livro infanto juvenil mas que agrada a todas as idades. Com poucas páginas, é uma viagem a um mundo de magia e aventura.

Meu primeiro contato com as histórias de Neil Gaiman, não me encantou como esperava mas me surpreendeu bastante. Definitivamente, temos muito o que aprender com Coraline.

Nenhum comentário