[resenha] UMA CURVA NO TEMPO - DANI ATKINS

Título: Uma curva no tempo
Autora: Dani Atkins
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
Onde comprar: Amazon


Sinopse: "A noite do acidente mudou tudo.... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona? A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?"

Uma curva no tempo é um livro que já chama atenção pela capa. Chamativa mas doce fui conquistada por ela e comprei sem nem mesmo ler a sinopse. Que decepção foi a minha quando o livro chegou e eu li do que se tratava, uma volta ao passado. Mas não se enganem, a história vai muito além disso, esse ocorrido tem uma explicação inteligente e surpreendente no final. Que alívio senti quando terminei a leitura e pude refletir sobre ela, além de ter me emocionado muito.

Essa é a história de Rachel e seus amigos do colegial Sarah, Matt, Jimmy, Cathy, Phil e Trevor. Último ano na escola é sinônimo de novos rumos e de despedida, afinal, a universidade os espera. Antes dessa separação eles resolvem, em clima total de nostalgia, jantar juntos em um restaurante da cidade. No entanto, alguns segundos podem mudar suas vidas, e essa separação se torna muito maior do que eles poderiam imaginar.

Um carro desgovernado bate no restaurante e Rachel é salva pelo melhor amigo Jimmy, que perde a vida em seu ato heroico. Infelizmente, isso não é suficiente para salvar a vida dela. Rachel se culpa pela morte do amigo e praticamente deixa de viver. Tem uma cicatriz no rosto, sofre de fortes dores de cabeça, mora em um apartamento minúsculo em Londres - longe de sua cidade natal -, não se formou e nem é realizada profissionalmente.

Cinco anos após o acidante, sua amiga Sarah vai se casar e Rachel se vê obrigada a retornar a cidade para a cerimônia. A oportunidade de visitar o túmulo de Jimmy. A emoção é tanta que ela desmaia. Ao acordar no hospital, uma nova história de vida é descoberta. O pai não possui mais o câncer, está noiva de Matt, seu antigo namorado, cursou a universidade, tem o emprego e a casa dos sonhos e Jimmy está vivo.

Como pode, com todas essas realizações nos últimos cinco anos, ainda assim a Rachel não estar feliz e convencida de que essa é sua realidade? Ela sabe que alguma coisa aconteceu e precisa buscar informações sobre sua verdadeira história.

Essa busca pela verdade é emocionante. Uma leitura fácil, que flui com leveza, doses de drama e humor na medida e com ótima reflexão. A mensagem que fica é a importância de dar valor aos momentos, mesmo que pequenos, com as pessoas que amamos.


Nenhum comentário