[resenha] A VERDADEIRA BELA - LI MENDI

Título: A verdadeira Bela
Autora: Li Mendi
Editora: Highlands
Páginas: 159


Sinopse: "Nicole está prestes a entrar para uma agência de publicidade famosa e lá enfrentará o conflito entre a auto-imagem e a visão distorcida dos seus colegas a seu respeito. A pressão psicológica que acontece com bullying nas redes sociais será vencida com um grande amor, que surge para fortalecê-la com todos os preconceitos.Fernando é admirado por seu dinheiro e poder, mas, no fundo, luta contra uma secreta baixa auto-estima. Com medo da própria imagem que forma no olhar do outro, ele se critica e se fecha. Atá que um dia seu caminho se choca com o de Nicole e os dois aprendem juntos que o amor não é cego. Ele vê com clareza o que nem todos veem: a verdadeira beleza completa do ser amado.Com muito amor e bom humor, este livro irá tomá-lo do começo ao fim e envolvê-lo em uma estória que fala de um homem tentando entender seu passado e de uma garota lutando pelo seu futuro. De repente, os dois se veem um de frente para o outro e descobrem a essência de um amor eterno."


Eu com minha mania de praticamente nunca ler resenhas antes de adquirir um livro, surgiu uma oportunidade de troca de livros e acabei pegando A verdadeira Bela sabendo somente que se tratava de um livro nacional e que a capa é um charme, apesar de não ser muito fã de rostos na capa (Aliás, vi a capa da 2ª Edição e está mais linda ainda!). A sinopse dele é vaga e provavelmente não me atrairia, mas que bom que só descobri isso depois de já ter ele em mãos.

Para cumprir minha meta pessoal de ao menos um nacional lido por mês, o escolhido da vez foi ele e em menos de 24 horas já estava finalizado. Sim, o livro é super fininho, com 159 páginas, mas o que realmente contribui para esse rápido envolvimento é a leitura fluida, dinâmica e divertida.

Nicole é forte, tem jeitinho de menina, determinação de mulher e está em busca de seu lugar no mundo. Seu grande sonho é trabalhar na True-B (B de Brasil haha) e o dia da entrevista é o momento mais importante da sua vida, sem dúvida. Fernando é lindo, poderoso, rico, mas com vários problemas. Vive cercado de pessoas falsas e interesseiras, trabalha muito e ama seus trigêmeos. Sofre por não conhecer o amor e pela baixa auto-estima (apesar de não saber como ele conseguia se ver como um homem feio pois a imagem que tive foi desses homens lindos de morrer desde o início!).

"Foi meu jeito exclamativo de ser que parou sua agenda, seu caminho, seu planos de almoço para olhar com mais atenção para mim, uma garota simples e louca para realizar seus sonhos. Aliás, meu sonho era algo externo, pois envolveu como casulo outro sonho: ser feliz no amor. Eu procurava emprego e esbarrei com aquele homem tão poderoso. Minha ignorância me levou ao caminho certo. Pois, até evitando, chegamos aonde é nosso lugar."

Enquanto aguarda o horário da entrevista Nicole resolve almoçar no BarraShopping, mesmo sem fome. O problema ou a solução começa quando seu pé desprende do salto e toda a comida da bandeja é transferida para a camisa do gato na sua frente. Ele, calmo, aceita a sugestão dela de comprar uma nova e resolver o problema. Ah, com o detalhe que ela ainda não tem o dinheiro, no máximo pode pagar pela camisa no próximo mês, com o salário que irá receber, afinal a vaga já é dela (confiança é tudo!). Apesar de tudo isso o impensado acontece: Fernando leva Nicole para almoçar. Um sinal de amizade começa a surgir entre eles e ela fala, fala muito, fala descontroladamente. Fala sobre o ex, sobre a vida, sobre a empresa dos sonhos, sobre a entrevista e até testa uma prévia entrevista versão sincera, com todas as respostas que realmente queria dar mas pelo bem do seu futuro não serão ditas.

Acaba o almoço, ela ganha uma carona e sonha em poder rever esse belo paredão humano. No entanto, a última coisa que imaginava é que iria revê-lo ao chegar ao local de entrevistas. Fernando não é nada mais nada menos que o dono da empresa. E sabendo todas as respostas verdadeiras, como Nicole poderá mentir agora? Não pode! Ela foge, ou melhor, tenta. Fernando arruma um jeito de levá-la de volta a sala e questionar exatamente as respostas que já sabe. A personalidade forte dela não se abate e resolve jogar o jogo do entrevistador e é exatamente essa verdade que faz com que consiga o emprego.

"Na vida, precisamos descobrir o que são pedras que sustentam nossa fundação e o que são meros adereços da casa. Certas peças são tão bonitas e caras que damos valor pelo que representam para as pessoas quando as veem, não porque verdadeiramente nos seguram. Saber distinguir isso nos permite não depositar felicidade em fantasias."

Só tem mais um detalhe, o emprego não é exatamente o que Nic sonhava. Ela trabalha 24 horas por dia, cuida da agenda do chefe, faz suas malas se preciso, cuida dos trigêmeos super fofos, quase não tem mais vida social, mas a proximidade com Fernando compensa e vemos que o amor está no ar, e não só por parte dela. Foi amor ou o que quer que queiram chamar a primeira vista.

Apesar de ser fã de um clichê, não gosto de romances a primeira vista, tenho dificuldade de acreditar neles. Apesar disso, esse livro tem um diferencial. Toda a história tem como fundo a espiritualidade e é essa a justificativa para esse amor. O que acontece com Fernando e Nic é um reencontro. Aliás, o título do livro me enganou muito bem. A princípio imaginava ser somente mais uma releitura do conto de fadas A Bela e a Fera, mas o significado é muito mais amplo e justificado no decorrer da leitura.

"Pronto, dia quase ganho. Se eu fosse excluída da seletiva, pelo menos tivera o almoço mais delicioso com o cara mais gato de todo o bairro. Hum, leitores, posso até dizer que era duro se tivesse que escolher."

Sobre a diagramação, deixa um pouco a desejar. As páginas são bem finas e brancas, com margens pequenas e falta de espaçamento entre capítulos. Não é nada que atrapalhe a leitura, só não contribui para o visual. A narração acontece em primeira pessoa, intercalando entre os protagonistas em capítulos curtos, da forma que eu gosto. Essa forma ficou interessante pois nos dá uma visão geral dos acontecimentos na vida do casal. Outro fator interessante e inovador (pelo menos para mim) foi a impressão que os personagens estavam me contando uma história, incluindo hora ou outra um leitores para nos dar essa impressão.

Apesar de curto, o livro tem várias frases de reflexão, inclusive com a Nicole no início do livro citando que iria juntar todas essas sabedorias filosóficas dos dois para escrever um livro, e trata de temas importantes como o bullying da forma mais ridícula, aquela que a pessoa que provoca fica por trás da tela e tem certeza da impunidade, afinal, é só uma brincadeira inofensiva, e o convívio e a importância da família.

24 comentários

  1. Oi
    esse e um estilo de livro que gosto de ler, com uma história leve e divertida, uma boa distração, na época que ele foi lançando eu cheguei a ler várias resenhas, que bom que curtiu apesar de não ser uma grande história.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denise,
      É bem nesse estilo mesmo, mas daqueles livros que não exigem uma grande história, o tom leve é o que conforta, conquista.

      Beijo!

      Excluir
  2. Olá..
    Adorei a sua resenha!
    Ainda não conhecia a obra em questão, mas pelos seus comentários pude perceber que com certeza é um livro que me agradaria, apesar das ressalvas. A premissa é bem legal e, é claro, já anotei a sua dica!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diane,
      Que bom que gostou da dica, e se pegar, espero que goste da leitura também.

      Beijo!

      Excluir
  3. Ei Rayanne.

    Não conhecia o livro ainda, achei a premissa interessante. Eu também não curto muito esse amor a primeira vista não. Que pena a diagramação não ser tão legal.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda,
      Isso do amor a primeira vista no geral me incomoda demais, mas foi até tranquilo aqui, caso resolva tentar a leitura.

      Beijo!

      Excluir
  4. Às vezes é bom não saber do que se trata exatamente a história, né? Pode nos surpreender! ♥ Confesso que não curti muito a capa, mas achei a sinopse bem a cara dos livros que eu gosto hahaha. E me lembrou um pouquinho de um chick-lit da Sophie Kinsella (O segredo de Emma Corrigan), mas só por conta do carinha do encontro despretensioso que é simplesmente o dono da empresa hahaha.

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol,
      Esse livro da Kinsella é sensacional. A capa é bem fraquinha mesmo, mas sabe quando ainda assim a gente quer ler? Foi assim, mesmo sem conhecer nem a história haha

      Beijo!

      Excluir
  5. Ainda bem que, apesar dos detalhes negativos, a história não foi tão ruim também.
    Também não sou muito fã de romances à primeira vista. Não acredito muito nisso não kkkkk
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiza,
      Ahh, você me entende. E não acreditar acaba atrapalhando muito várias leituras com isso.

      Beijo!

      Excluir
  6. Bom saber que a leitura do livro é dinâmica e fluida, mas nem por isso eu conseguiria lê-lo rapidamente, haha. Eu sou muito leeeenta pra ler! G-zuis. Além disso, sou mesmo uma leitora que nunca vê previsibilidade nas histórias, pois lendo sua resenha, eu fiquei CHOCADA em saber que Fernando é quem faria a entrevista da Nicole, hahaha.
    Como vc, se eu lesse a sinopse, passaria longe do livro, mas com a sua resenha, eu o amei e coloquei na minha lista de futuras leituras.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ray
    Apesar da nota baixa, eu gostei muito do livro. É clichê mas é algo que facilmente me agradaria, por isso vou adicionar na minha leitura. Também não gostei da capa, achei simples demais haha
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Ray, eu adorei a cena do primeiro encontro que você descreve! E apesar de todos os clichê, achei a premissa boa e acho que vou gostar do casal.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Olá, Rayanne.
    Eu li esse livro alguns anos atrás. Eu também não acredito em amor a primeira vista mas de tanto ler instalove já nem ligo mais hehe. Eu achei a história bem fofinha.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oi! Em alguns livros o amor a primeira vista até convence, mas na maior parte dos casos eu prefiro algo bem mais trabalhado. Eu não conhecia este livro. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  11. oioi! É exatamente o tipo de história que adoro ler! Mas confesso que não pego muitos nacionais para ler, acho que vou ter que me desafiar também para me forçar a isso. Temos tanta coisa boa né?!

    Adorei a resenha!!!

    Beeijo!

    http://estanteflordelis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu achei que a história me parece bem interessante e no estilo que gosto. Não conhecia, mas já curti. Ótima postagem :)

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  13. Adoro conhecer livros nacionais! Esse não conhecia mas já amei a protagonista com o mesmo nome que o meu haha
    Não sou mto fã de romances (sempre falo isso) mas depois que começo a leitura me apaixono hahah
    Adorei a resenha!

    beijinhos
    She is a Bookaholic
    Minhas pequenas coisas

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia, mas não faz meu estilo de leitura.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  15. Me encantó el post, gracias por compartirlo. Besos. Te sigo para no perderme nada.

    ResponderExcluir
  16. Eu não conhecia esse livro ainda, mas adoreeei a resenha, parece ótimo.
    Já estou seguindo seu blog, se puder seguir o meu também, eu agradeceria! :)

    Bisous,
    BLOG PEQUENO MUFFIN | LARA REIS
    www.pequenomuffin.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi, Rayanne!

    Também não sou fã de livros sobre amor à primeira vista, mas o diferencial desse já dá um ânimo pra gente acreditar mais no casal né haha adorei a premissa!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito desse enredo porque esse livro faz o meu estilo favorito de leitura. Fiquei animada pra ler sim, valeu pela dica!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir