[resenha] UM CASAMENTO CONVENIENTE - TESSA DARE

Olá amores, como estão?

Quando falo que estou presa nos romances de época e que não enjoo é sobre isso, mais uma resenha deles. Quem me conhece sabe que, independente do gênero, tem uma coisa que me atrai completamente em uma história, que são personagens fora do padrão.

Além disso, se tem um clichê que adoro (e olha que sou fã dos clichês) são os casamentos por conveniência.

Já conhecia os livros da autora e gosto bastante, e ter personagens diferenciados e um casamento por conveniência eram o suficiente para querer ler.

O Duque de Ashbury lutou na guerra e sofreu lesões graves, que o deixaram desfigurado. Mais do que a aparência, que no geral assusta todos, ele sofre com a rejeição, afetando completamente sua autoestima.

Por ser um Duque, sabe que precisa providenciar um herdeiro, afinal, muitas pessoas dependem dele. Quando decide por fim procurar uma esposa que o ajude com esse problema, surge uma noiva em sua porta.

“A ironia da situação o atingiu quando eles entraram na sala de visitas.
Era ele quem estava se casando por amor. Só que não pelo amor dela.”

Ou talvez não seja exatamente uma noiva, mas está vestida como tal (em um vestido terrível por sinal). Ash ia se casar e sua noiva o abandonou por conta da aparência. Emma Gladstone foi a costureira responsável pelo vestido e está em sérias dificuldades. Assim, toma coragem para cobrar a dívida ao Duque.

E é nesse momento que eles se encontram. O encontro já tira boas gargalhadas do leitor logo no início do livro.

“Felizmente, ele ainda possuía uma sobrancelha intacta. Seria difícil ser um duque sem uma sobrancelha para arquear com ironia.”

Somos também apresentados a personalidade deles, ambos fortes, cada um com suas dificuldades, mas maduros e certos do que querem.

É nesse momento que o pedido de casamento surge, logo no primeiro encontro. Ela deve engravidar e sumir da vida dele. Passará a ter uma vida estável, segura pelo ducado. Ambos saem ganhando.

O casamento desde o princípio é tratado como um negócio, prática bem comum na época. A escrita é simples e objetiva e conquista o leitor, além de ter um equilíbrio certeiro entre a diversão e a emoção.

“Sentia carinho demais pelo homem que nesse momento planejava um assassinato ao seu lado. Não importava que ele procurasse afastar qualquer sugestão de que tivesse um bom coração com seu humor ácido, seu jeito entediado. E que estivesse decidido a convencer o mundo de sua natureza monstruosa.”

Também foge do problema da maioria dos livros nesse tipo de clichê, a falta de diálogo, o que é um ponto bem positivo.

Agora preciso exaltar a maior qualidade do livro, a construção dos personagens. Todos eles.

“Ele era mais complexo do que ela tinha imaginado. Talvez mais do que qualquer um imaginava. Humor, paciência e paixão. Emma achava tudo aquilo perturbadoramente atraente.”

Ash é ranzinza mas tem um coração enorme e os melhores xingamentos que poderíamos esperar. Emma é forte e prática, e representa muito bem as dificuldades que uma mulher livre enfrenta. As amigas da protagonista são extremamente peculiares e me deixaram muito curiosa sobre suas histórias. Os empregados são intrometidos da melhor forma possível, sempre com boas intenções. Até o gato tem sua importância durante a história. 

Ah, e para quem espera o toque erótico típico dos livros da Tessa, esse é muito mais sutil. Até porque o Duque também tem cicatrizes pelo corpo que quer a todo custo esconder, então o foco é realmente no desenvolvimento dos protagonistas, juntos e separados.

“- Porque – ele disse – eu gosto de saber os nomes de quem eu detesto. Eu os anoto num caderninho que, de tempos em tempos, releio enquanto saboreio conhaque e solto gargalhadas guturais e malévolas.”


Título: Um casamento conveniente
Autor: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Páginas: 256
Série: Girl Meets Duke #1

Sinopse: "Com metade do rosto marcado e desfigurado pela guerra, não foi só a aparência do Duque de Ashbury que sofreu mudanças: a rejeição e o olhar de desprezo das pessoas mutilaram também o seu interior. E, já que precisa viver às sombras da sociedade, ele decide que passará seus dias perambulando por Londres durante a noite para assustar todos que cruzarem seu caminho.
Mas o tempo passa, e em posse de um grande título, o duque sabe que precisará cumprir o dever de conseguir um herdeiro para seu ducado. Para isso, só existe uma regra: encontrar uma mulher que aceite um casamento de conveniência, lhe dê um herdeiro e desapareça de sua vida.
Quando Emma Gladstone, uma costureira, aparece na casa de Ashbury para exigir o pagamento de uma dívida, ele vê ali uma grande oportunidade de acordo e lhe faz a proposta de casamento. Mas o duque deixa claro que, assim que Emma engravidar, ela deverá partir para o interior e sumir para sempre.
Ele precisa de um herdeiro. Ela precisa de um bom casamento. Os dois estão dispostos a tudo, desde que não envolva seus corações. Mas será que o amor cabe nas entrelinhas de um contrato?"

UM CASAMENTO CONVENIENTE • UM AMOR CONVENIENTE

10 comentários

  1. Ray, achei a trama clichê, mas ao mesmo tempo com um toque diferente. Fiquei curiosa para ler! :) Amo romance de época e conhecer novas autoras desse gênero. E só de ler a sua resenha, acho que vai ser uma história que vai arrancar risos e suspiros. São quantos livros? Ah! No momento, tô lendo "Segredos de uma noite de verão", da Lisa Kleypas. Já leu? Eu tô curtindo! ♥

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada da autora. Vou ficar atenta.
    Beijinhos
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Geralmente são personagens femininas com vergonha de algo no corpo, adorei a troca.
    Eu estou pra ler vários de época, logo imagino que vou acabar q nem você no vício. haha
    Esse clichêzinho do casamento arranjado é sempre divertido.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  4. Oi Ray! Atualmente estpu lendo a série Spindle Cove da autora e apreciando muito a escrita dela. Este livro aqui ainda não li, mas está na lista para ser conferido ao final de Spindle. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha, primeiramente gostei muito do seu Kindle, ele é bem gostoso de ler né? Porque eu leio no tablet e detesto... pensei várias vezes em comprar um Kindle, mas achei que não valeria a pena.
    Adorei a resenha do livro, deu até saudades de ler histórias românticas de época, o último que li foi aquele da Kiera Cass de princesas. hehe
    Lendo sua resenha eu já comecei a rir de como a autora descreve as falas do personagem, gosto de falas com um pouco de humor, deixa o personagem mais real. Com certeza vou procurar esse livro para ler. Vou aprender muito com os personagens; pelo fato do Duque sofrer pela aparência e as amigas com personalidades diferentes, amo histórias cujo personagem nos deixa um aprendizado. *--*
    Beijos. 
    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  6. Oi, Rayanne. Tudo bem? Psrece-me aquele clichê envolvente, não é mesmo? Que bom que gostou da obra. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Essa autora está no topo das que pretendo conhecer. Seus livros parecem maravilhosos e estou animada para conhecer esse.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  8. Gosto de romances de época, mas confesso que fujo dos clichês. Daí comecei a ler a sua resenha e notei que apesar de a base do livro trazer o clichêzão do casamento por conveniência, ainda assim, a história tem elementos diferentes do habitual. E eu sempre quis conhecer a escrita da autora, será que esse livro está no Kindle Unlimited? Se sim, vou conferir.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  9. Gosto de romances, mas acredita que nunca li um romance de época? Talvez eu possa dar uma chance para esse. Porque eu gosto MUITO de clichê, haha! AH, e também nunca li um livro erótico, ou seja, através desse comentário podemos observar que eu ainda tenho muito o que explorar pelo mundo da literatura né? No momento estou lendo um livro de contos e tenho uma fila de livros pra ler aqui em casa, fora os que já tenho no Kindle. Agora vou ter que adicionar esse a lista, porque fiquei curiosa pra saber o desenrolar da história, mesmo o título entregando todo o livro :P
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  10. Menina, não sou muito chegada em romance, menos ainda de época, mas achei legal. Quem sabe qualquer hora eu dê uma chance a ele :)

    Beijo.

    | O Blog Que Não é Blog - Instagram |

    | Meu Instagram - @euannazanatta |

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Rádio Estereo Cidade |

    ResponderExcluir